Translate

Pesquisar este blog

Carregando...
Loading...

Últimas Notícias - Polícia

Polícia Militar do Estado de São Paulo

CADASTRE SEU E-MAIL

CADASTRE SEU E-MAIL
RECEBA AS ATUALIZAÇÕES DO BIZU DA ADM

Seguir por e-mail

Vídeos sobre a Polícia Militar

Loading...

ORAÇÃO DO POLICIAL MILITAR



Saio de casa para o serviço; fazei que com que volte são e salvo.
Enquanto protejo outras famílias, por favor, proteja a minha.
Não deixe que uma bala traiçoeira me atinja, nem que eu seja um instrumento para as injustiças.
Nos momentos difíceis, e diante da morte, não deixe que eu caia em desespero.
Sou humano, mortal, às vezes fraco, mas me faça parecer sobre-humano, imortal, forte, a fim de inspirar confiança, esperança e força aos desamparados.
Nos momentos dos meus erros, fique do meu lado, pois todos os demais, por mais pecadores que sejam, estarão contra.
Dai-me força e sabedoria para auxiliar os desesperados, e fé para não desistir diante de uma vida que se acaba.

Apostila Completa Excel

Acesse o link

Sras e Srs...Segue abaixo a manifestação do Exmo Sr Coronel Carlos Alberto de Camargo - Ex Cmt Geral da nossa Polícia Militar...

CARTA AO GOVERNADOR DO ESTADO

Senhor Governador.
A construção da sociedade e das instituições com que sonhamos só será possível se não nos esquecermos de que todas elas são, fundamentalmente, pessoas e não estruturas, e que só evoluem com a adoção de medidas que busquem o desenvolvimento humano. No que diz respeito à polícia, o único modelo compatível com a democracia é o de uma organização policial legalista e integrada à comunidade. Uma polícia transparente que respeite e proteja o cidadão, mas que tenha seus integrantes tratados pela sociedade e pelo governo também como cidadãos.
A Polícia Militar é formada por profissionais que diariamente se superam, fazendo o extraordinário para melhor servir à população paulista, protegendo os cidadãos e enfrentando bravamente uma criminalidade cada vez mais violenta e perversa.
Por outro lado, desgraçadamente, seus integrantes têm salários absolutamente incompatíveis com uma condição mínima de sobrevivência digna, obrigando um número cada vez maior de policiais a viver nos limites da miséria. São inúmeras as esposas de policiais que, devido às condições precárias de moradia, não podem sequer secar as fardas fora de casa, com medo da represália dos bandidos que moram nas vizinhanças, principalmente porque, na maior parte das vezes, seus maridos estão ausentes, obrigados a fazer “bicos” fora do expediente, quando deveriam estar descansando no convívio familiar.

Em mais um dia de greve da PM, lojas e mercados são saqueados na Bahia

Nesta quinta-feira, uma loja de eletrodomésticos foi invadida com um carro.
Governo afirma que não pode assumir valor de pedidos dos policiais.


Após mais um dia de greve da Polícia Militar na Bahia, saques e arrombamentos foram registrados na madrugada desta quinta-feira (17).  A paralisação da PM começou na terça-feira (15). Em assembleia na noite de quarta (16), as asssociações decidiram manter a greve. Por meio de nota, o Governo da Bahia afirmou que as reivindicações das associações de policiais militares grevistas "ultrapassam o limite orçamentário do Estado".

Major Olímpio - Beijinho No Ombro

Supremo decide que Justiça Militar só tem competencia para julgar crimes de militares no exercício da função


Fonte: Conjur

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, decidiu que a Justiça Militar só tem competência para julgar crimes de militares quando eles estão no exercício da função. A decisão foi tomada em caso de sargento do Exército acusado de denunciação caluniosa contra um cabo da Política Militar.
De acordo com o ministro, “jurisprudência da corte é firme no sentido de que o cometimento de delitos por militares, sem relação com os desempenhos de suas funções, não atrai, por si só, a competência especializada para julgar a ação penal”. Ou seja, não é apenas o fato de o acusado ser membro das Forças Armadas que atrai a competência da Justiça Militar da União, e sim se o crime foi cometido no exerício de suas funções militares.

Dizer que as negociações serão retomadas após a copa é o mesmo que dizer que não haverá aumento


O Governador Geraldo Alckmin suspendeu de forma unilateral e inexplicável a negociação que vinha sendo feita com as Entidades Representativas dos Policiais Militares, com vistas ao reajuste salarial da categoria. Após várias e exaustivas reuniões com os Secretário da Segurança Pública, Secretário do Planejamento e Secretário Chefe da Casa Civil, para tratar da questão, as Entidades foram surpreendidas com a informação transmitida por telefone pelo Secretário da Segurança Pública de que o Governador havia determinado que as negociações somente seriam retomadas após a Copa do Mundo, tendo em vista o último aumento ter sido concedido em novembro de 2013. Contestando a posição das Entidades, a Secretaria da Segurança Pública, em nota, afirmou que “dizer que o aumento será zero é uma mentira”. O próprio Governador, em entrevista à Rádio Bandeirantes, também declarou que devido à concessão de reajuste feita em novembro, ainda não era o momento de discutir um novo reajuste.

Sras e Srs...Release enviada à imprensa em 15Abr14 - CERPM



GOVERNO NEGA REAJUSTE SALARIAL PARA A PM

DESCONTENTAMENTO da tropa pode COMPROMETER GRANDES EVENTOS.

Depois de um mês de negociações, o Secretário de Segurança Pública, Fernando Grella, comunicou por telefone ao Presidente da CERPM - Coordenadoria das Entidades Representativas dos Policiais Militares do Estado de São Paulo, Ângelo Criscuolo, que o Governador Geraldo Alckmin decidiu não conceder nenhum aumento aos policiais militares.

Postagens populares

SUBMARINO.COM